Gatos

A IMPORTÂNCIA DA TAURINA PARA GATOS

A taurina é um dos aminoácidos de extrema importância para os gatos, pois eles não conseguem sintetizá-la em seus organismos e precisam, portanto, recebê-la na alimentação.

Mesmo assim, ela é um aminoácido essencial para os gatos.

Já os cães conseguem sintetizá-la a partir de metionina e de cisteína. Desse modo, ela não é um aminoácido essencial em cães, muito embora seja muito interessante suplementá-la. Nos gatos, a suplementação é obrigatória e graves problemas ocorrerão se ela não for feita.

Foto Reprodução

Em 14 de agosto de 1987, o The Los Angeles Times publicou uma reportagem sobre a morte de dezenas de milhares de gatos por cardiomiopatia dilatada. A ocorrência dessa doença se deu pela falta de taurina nas rações que os animais recebiam.

Ela é um aminoácido importantíssimo para a saúde do coração,essencial para a contração do músculo cardíaco. E como o coração é um músculo que nunca para, a concentração dessa molécula nele é maior que em outros músculos. Ainda, músculos de coloração mais escura têm maior concentração desse aminoácido que músculos mais claros. Esse é um dos motivos de o coração ter uma coloração mais escura. Ela tem papel na movimentação de íons de cálcio na musculatura e essa movimentação é um dos fatores que gera a contração muscular.

Assim, corações que batem mais vezes por minuto têm uma maior concentração de taurina que corações que batem menos vezes por minuto. Por exemplo, 100 g de coração de galinha tem uma quantidade muito maior dessa substância do que 100 g de coração de elefante, visto que o coração das galinhas bate cerca de 300 vezes/minuto e, o de elefantes, 30 vezes/minuto. Do mesmo modo, corações de animais pequenos têm uma maior concentração desse aminoácido se comparado ao de animais grandes. E isso é muito interessante: adivinhe o que gatos gostam de caçar? 

Foto Reprodução

A natureza é perfeita. Gatos adoram caçar taurina, quer dizer, caçar pássaros e ratos. Esses animais têm corações que batem muito rápido, chegando a mais de 400 batimentos por minuto. Por isso eu gosto de dizer que, sim, os gatos gostam de caçar taurina!

Grandes felinos, como os leões e os tigres, quando caçam, ingerem primeiro o coração das presas, em seguida vísceras como fígado e pulmões, depois o cérebro, os olhos e só então a musculatura mais escura e depois a musculatura mais clara. Ou seja, eles ingerem primeiro os órgãos com as maiores concentrações de taurina e somente depois os órgãos com concentrações menores da substância.

Coração, fígado, pulmões, cérebro, olhos e musculatura escura são os órgãos que possuem maiores concentrações de dessa molécula. Quando existe caça em abundância, é comum que os felinos ingiram apenas o coração das presas.

Já os vegetais possuem baixíssimas concentrações desse aminoácido, portanto, os gatos não podem ser vegetarianos. A falta dela, como já visto, causa deterioração das células cardíacas e gera mau funcionamento dos batimentos cardíacos. Além disso, a falta dessa molécula também pode gerar degeneração da retina, cegueira e problemas reprodutivos.

Outra fonte de taurina, embora meio nojenta para alguns, são os insetos. Baratas, formigas e algumas larvas têm uma grande concentração dessa molécula e sabemos que alguns gatos gostam de comer esses bichinhos. Como os gatos têm um estômago super ácido, as bactérias desses insetos são destruídas nesse órgão.

Mas e agora? Qual a melhor fonte de taurina? Os órgãos crus ou os órgãos cozidos? Já foi comprovado que os órgãos crus são melhores que os cozidos, pois neles o aminoácido está mais biodisponível, ou seja, é mais fácil dos gatinhos absorvê-la de corações crus do que a de corações cozidos. O cozimento destrói grande parte desse aminoácido. E é melhor fornecer coração de galinha do que coração de vaca, como já vimos, o coração de animais pequenos tem maior concentração desse aminoácido.

Vamos humana, quero minha Taurina

Para concluir, meus amigos, o que eu quero que vocês levem com vocês desse artigo é sobre a importância das fontes de proteínas dos nossos bichinhos.

Sim, as rações são balanceadas nutricionalmente, mas as fontes de alimentação natural são mais nutritivas que as industrializadas.

Os processos de industrialização destroem nutrientes naturais dos alimentos e, depois, esses alimentos precisam receber suplementos artificiais para ficarem balanceados e sabemos que tudo o que é natural é mais saudável que o que é artificial.

Até o próximo post.

Deixe uma resposta