Cães, Fofurices

DIÁRIO DA MARGÔ – AMIZADE

Hoje aprendi uma coisa interessante com minha mãe… Ela me disse que nem sempre as pessoas estão de bom humor e que as vezes, por mais que a gente queira agradar e fazer amizade, o outro lado pode não estar muito disposto. Engraçado levar isso para o mundo canino mas é exatamente o que acontece.

Sempre gostei muito de passear e geralmente vou na rua 2x ao dia. Mamãe diz que sou simpática demais com TODO MUNDO, todos os animaizinhos, todas as pessoas, todas as plantinhas… Mas infelizmente nem sempre sou bem recebida, sabe?!

Quando vejo um ser humano eu vou logo rebolando pra ver se consigo um cafuné, fico encarando a pessoa com meu olhar de “bulldoguinha do shrek” e pedindo atenção e muitas vezes consigo o que quero, mas as vezes tem gente que finge que não existo…
Eu fico meio triste mas continuo rebolando procurando alguém mais simpático…hehehehe

Mas o que realmente me deixa chateada, são os cachorrinhos que não querem brincar comigo, alguns latem muito e rosnam pra mim e eu não consigo entender o porquê.
Mamãe diz que o ideal é que ela sempre pergunte pro humano se o cachorro gosta de fazer amizade ou não pois assim problemas podem ser evitados. Mas mesmo assim eu já quase perdi minha vidinha com uma São Bernardo grandona (um dia conto essa história pra vcs).

Eu tô contando isso tudo porque hoje fui tentar fazer amizade com 2 cachorrinhos pequenos na rua e quase tomei uma mordida. Mas a vida é assim mesmo né?

O bom disso tudo é que sempre encontramos aqueles que têm o coração enorme, é o caso desse grandalhão ai da foto. Ele se chama Pit e é um Pitbull lindo e carinhoso que tem aqui na rua. A mamãe tirou várias fotos do dia que a gente se conheceu… não se espantem com a minha cara de assustada, foi só a primeira impressão…hehehehehehe

Com o Pit eu aprendi que não devemos julgar ninguém pela aparência e muito menos se chatear quando alguém não gostar de você. Afinal, é impossível agradar todo mundo, mesmo sendo fofinha que nem eu.

Lambeijos!

Opa Pit, vai devagar que sou pequenininha…rs

 

Pit posando para a mamãe bater a foto

 

Dando uma cheiradinha, é assim que nós cachorros dizemos “Oi”…

 

Deixe uma resposta