Cães, Saúde e Bem Estar

Como saber se seu cachorro está com frio

O frio chegou com tudo já no mês de Maio (e ainda é Outono) e pelas pesquisas, esse frio será constante até o final do inverno.

Se nós, humanos, já nos sentimos desconfortáveis e tiramos todos os nossos casacos do armário, imaginem como sofrem os nossos amados pets que não podem fazer o mesmo.

Alguns cães são mais sensíveis ao frio do que outros, isso geralmente depende da espessura e tamanho do pelo, idade, saúde e peso do seu cão.

A tolerância à temperatura varia de acordo com cada cão, por isso é importante aprender os sinais que ele vai lhe dar para que não ocorra casos de hipotermia.

 

Riscos do frio

Alguns tutores não percebem ou não têm o conhecimento que o frio também afetam seus animais de estimação. Cães que têm pelos curtos e cães de raças pequenas são particularmente sensíveis ao frio.

Além disso, filhotes, cães mais velhos e cães com problemas de saúde podem sentir o frio muito mais rápido do que outros cães.

Para cães saudáveis ​​com pelo espesso, é importante não deixar os pelos emaranhados ou molhados pois isso pode prejudicar a proteção natural dos pelos.

 

A exposição prolongada ao frio pode levar à hipotermia em alguns cães. A hipotermia ocorre quando o corpo do seu cão cai muito abaixo da sua temperatura normal, caso a mesma esteja abaixo de 35º já pode ser considerado um estágio de hipotermia. A temperatura normal do corpo dos cães é maior do que a dos humanos, de modo que devem estar entre 38,3º e 39,5º.

O congelamento também pode ocorrer se o seu cão ficar com muito frio. Isso acontece quando o corpo redireciona o fluxo sanguíneo para as partes mais importantes do corpo, geralmente deixando a cauda, ​​orelhas, nariz, patas e pernas em risco. Caso isso ocorra, procure coloração vermelha ou preta brilhante em qualquer uma dessas partes do corpo e leve-o ao veterinário imediatamente.

Os cães também poder pegar um resfriado por estarem com muito frio. Estar exposto ao frio por si só não vai deixar seu cão resfriado, mas estar exposto à condições desconfortáveis ​​podem baixar a imunidade do seu amigão e abrir portas para vírus e bactérias. Os principais sintomas de resfriado em cães são:  espirros, fraqueza e corrimento nasal e ocular.

 

Sinais de que seu cachorro está com muito frio

Agora que você já conhece os riscos do frio para seu cachorrinho, entenda como ele pode lhe dar sinais de que está passando por muito frio…. Brrrrrrrrr

Como está frio lá fora?

A coisa mais simples a ser feita, é perceber se está frio demais para você do lado de fora de casa. Se você não conseguir ficar por alguns minutos do lado de fora, de maneira confortável, sem que esteja todo “encasacado”, é um sinal de que está frio para o seu cachorro também.

Tremendo ou Batendo os Dentes

Cães reagem ao frio de forma similar aos humanos. Se o seu cão está tremendo ou batendo os dentes, com o rabinho perto do corpo ou tentando se proteger dos ventos frios, ele com certeza está com frio. Essas reações são formas que o corpo reagem para se aquecer.

Orelhas Frias ou Corpo Frio

Sentir a temperatura das orelhinhas do seu cão também é uma forma simples de saber se ele está com frio, se as orelhas estiverem geladas, é hora de aquecê-lo.  Você também pode tocar o corpo dele, se não estiver quente como de costume, pode ter certeza que seu cãozinho está passando por muito frio.

Ficar encolhido

Se o seu cão se encolher todo e ficar enrolado feito um “feto”, com o rabinho entre as pernas, é porque ele está tentando se manter aquecido com o próprio corpo.

Andar devagar demais ou mancando

Se o seu cão está andando com cuidado, devagar demais ou mancando, é sinal de que suas patas estão muito frias.

Choramingar

Se o seu cão estiver desconfortável, ele pode tentar avisá-lo choramingando. Se o cão agir de maneira incomum, observe atentamente o que o rodeia para ter certeza de que ele não está muito exposto ao vento ou ao frio e certifique-se que ele tem proteção suficiente para suportar o frio.

 

Dicas para proteger seu pet do frio

Cães que dormem fora de casa

Floki de Pijaminha da Zen

Sempre indicamos que deixe seu cão dormir dentro de casa em dias mais frios, mas se seu pet costuma ou precisa dormir do lado de fora da casa, certifique-se que ele tenha uma casinha ou um abrigo protegido da chuva e do sereno. Coloque mantas e edredons dentro da casinha para que ele se aqueça.

O local onde seu cãozinho irá dormir, deve ser de preferência mais elevado para que ele não pegue a friagem do chão e não molhe as roupinhas em casos de umidade.

Analise a possibilidade de colocar uma roupinha para que ele fique ainda mais aquecido. Na Zen Animal existem roupinhas de tamanhos diversos, inclusive para cães grandes.

Cães que dormem dentro de casa

Cães que dormem dentro de casa já costumam saber exatamente onde podem se aquecer, normalmente buscam o sofá, a cama de seus tutores ou sua própria caminha para “hibernar” nessa fase do ano.

Indicamos sempre o uso de roupinhas de algodão ou de soft para que eles não sofram um choque térmico quando precisam ir para o ambiente externo para passear. Na Zen Animal existem roupinhas de tamanhos diversos, inclusive para cães grandes.

Botinhas Pawz, protegem do frio

Para dias mais frios e locais onde existe geada, indicamos também o uso de protetores de patas ou sapatinhos. Você pode conferir alguns modelos aqui.

 

Esperamos que tenham gostado do artigo e que ele possa ajudar muitos pets a não passarem tanto frio…

Até o próximo post.

Deixe uma resposta